1 de jun de 2008

Aquário - o Signo Inovador

Fonte: Urania Signos


Antena do futuro que irradia a mudança

Este é o último signo fixo da seqüência zodiacal, e sua função é distribuir, de forma racional, o que foi criado pela força realizadora do Capricórnio.

Como signo fixo que é, sua função é estabilizar e enraizar o que foi iniciado em Capricórnio, um signo de grandes inícios. Para isso, inventará os meios necessários, valendo-se da produção em série, da moda e de ideologias reformadoras.

Seu raciocínio agudo e penetrante faz com que se torne presença indispensável onde a vida precisa acontecer com ousadia. Aquário capta tudo com extrema rapidez, antevendo o que ainda não foi criado.

Para inventar, é cioso de sua mente, aberta ao novo. Racional, mental, age pensando na coletividade, mais do que em contatos pessoais. Impessoal, preserva sua liberdade a todo custo, fugindo de compromissos estreitos demais ou que ele sinta invadir sua privacidade. Oposto ao signo de Leão, Aquário aspira o poder compartilhado, permanece um solitário que antevê o futuro, desvendando incógnitas e preocupando-se com o que virá.

Aberto às inovações, nem sempre Aquário é fácil de mudar de ponto-de-vista. Iconoclasta, afeito a destruir "ídolos de pés de barro", Aquário pode arremeter com teimosia e frieza contra quem espera controlá-lo. Aquário inventor tem como mito principal Prometeu, o semideus que roubou o fogo dos deuses para ofertá-lo aos seres humanos, inaugurando assim a era da civilização.

Inclinado a incorporar as novidades tecnológicas que libertem o ser humano da prisão das estruturas, amante da humanidade, volta-se ao futuro das relações humanas, deseja experimentar novas formas de relacionamento. Muitas vezes, às custas de sua emoção e da intimidade emocional que poderia criar com outras pessoas.

No amor, Aquário precisa de espaço vital maior do que os outros signos do Zodíaco. Ama e concebe a vida com a cabeça, inspirando-se em idéias que troca com o ambiente. Errático, imprevisível, distancia-se emocionalmente para se proteger, mas preserva a atitude pacífica, a não ser quando francamente provocado por alguém poderoso e autoritário. Sua natureza racional tende a crer no que pode compreender tudo pelo lado mental e busca razões até para suas emoções.

Informal, trata todo mundo da mesma maneira e assim pretende ser tratado. Com seu poderoso manejo da razão, irá convencer a todos de suas crenças - mas não aceita bem as controvérsias, pois, no escuro de sua sombra está Leão, o mais autoritário e "mandão" de todos os signos do Zodíaco. Quando cerceado em sua liberdade, pode se tornar errático e autoritário.

Aquário precisa aprender muito com o relacionamento humano, inclusive a respeitar as emoções alheias sem tratá-las como algo primitivo ou atrasado. No sexo, só se animam de verdade quando percebem ter identidade intelectual com o parceiro.

Capazes de grande fidelidade e devotamento detestam ver sua vida privada alvo de bisbilhotice ou fofoca. Aventuras românticas, surpresas e novidades devem fazer parte de sua agenda afetiva se pretende manter uma relação estável por muito tempo. Na saúde, Aquário rege o sistema nervoso periférico e os tornozelos. Um estilo de vida muito agitado e estressante retira e esvazia a vitalidade do Aquário, um signo de saúde delicada e sensível.

Seu elemento é o Ar, sua pedra é o quartzo azul e as pedras azuladas, mas também o ônix e o diamante; seu metal é o chumbo e o urânio se diz estar associado a ele também, sua cor é o azul-céu e o negro-azulado. Astro regente: Saturno (clássico) e Urano (moderno).

Planetas em Aquário

O planeta regente deste signo é Saturno diurno, tradicionalmente, pois preside a reflexão, a sabedoria nascida da experiência do passado a serviço do futuro. Também simboliza a razão em oposição ao Sol, símbolo do espírito intuitivo e que rege o signo oposto Leão. Qualquer planeta no signo de Aquário se manifesta com engenhosidade, imprevisibilidade e racionalidade, tendendo a socializar e trocar informações a respeito. Os planetas adquirem frieza na ação, implacabilidade. Surpresa, trauma e choque são seus modos de atuar.



Dicas se você quer presentear alguém deste signo

Aquário gosta de tudo o que o signo anterior foge: brilho, ousadia, surpresa, novidade. Originalidade, modernidade ou alta antiguidade, simplicidade e despojamento aceleram seu coração. Aquário tem alma de historiador e adora objetos antigos, bem antigos. É um filho de Saturno e, como tal, preza o passado arcaico da humanidade. Mais afeito ao ar livre e aos grandes espaços, se sente bem no meio das pessoas - mesmo que não as conheça, o que facilita presentes culturais tais como entradas para a primeira sessão de um filme premiado ou sessões no Planetário de sua cidade.

Leitor voraz, Aquário apreciará as teorias revolucionárias, os grandes romances que iniciaram estilos, escolas e modas. Quanto aos perfumes, é melhor escolher as colônias secas e leves. As cores são o azul, índigo, negro e as tonalidades iridescentes, prateadas, com texturas agradáveis ao toque.

Na música, assim como nas artes em geral, preste atenção ao seu gosto - que vai do contemporâneo ao arcaico. Possuidor de um agudo olho clínico para pescar novidades que contagiam a coletividade, Aquário descobre o conjunto de funk ou rap que será o sucesso da próxima temporada, assim como encontra verdadeiras relíquias em sebos de bairro.

E, se você não nasceu com o Sol em Aquário, não tente competir com ele - aposte no que tem certeza de que ele irá gostar.



Ficha Técnica
Qualidade - Quente e Úmido (Ar) - alta energia e grande capacidade para juntar e conectar
Natureza - ativo, masculino, diurno, ímpar
Polaridade - positivo
Regente - Saturno (tradicional) e Urano (moderno)
Cores - azul escuro, índigo e negro
Corpo - tornozelos, sistema nervoso, sistema circulatório periférico
Palavras-chave -futuro, visão, liberdade, ousadia, romance, solidão, experiência, racionalidade, coletividade, serialização, distanciamento emocional

Nenhum comentário: